The Conscientious Portfolio Competition

Categoria: Lançamento.

15/09/2014

O blog Conscientious Photography, editado por Jörg Colberg é um dos pontos de pensamento profundo sobre fotografia na internet. Seu autor se dedica a resenhar livros, comentar novos projetos e apresentar sua visão sobre novas tendências e caminhos fotográficos.

Um dos momentos especiais do blog é sua competição de portfólios. O processo é simples e o prêmio também, apesar de ser extremamente valioso. Os vencedores escolhidos pelo júri recebem uma caprichada entrevista no blog e tem, por conseqüência, seu trabalho divulgado em um dos bons lugares da fotografia online.

A competição deste ano acaba de ser aberta e contará com o seguinte time de jurados: Jörg Colberg, Arianna Rinaldo e Thomas Weski. Ao contrário do MIS, que comentamos em um dos nossos últimos posts, o Conscientious tem uma linha mais clara em suas escolhas. Selecionamos alguns dos últimos ganhadores para você entender um pouco mais do que eles desejam antes de enviar o seu portfolio:

CPC2010_DR

Dalton Rooney – Outer Lands – Um dos vencedores de 2010

CPC2010_OY

Oksana Yushko – Kenozero Dreams - Um dos vencedores de 2010

CPC_NigelBennet

Nigel Bennet – Silence Has an Echo - Um dos vencedores de 2011

CPC_YaakovIsrael

Yaakov Israel – The Quesf For the Man on the White Donkey - Um dos vencedores de 2011

LisaFairstein

Lisa Fairstein – Ultra-Static - Um dos vencedores de 2012

KarenMiranda

Karen Miranda Rivadeneira – Historias Bravas - Um dos vencedores de 2012

BH-Iran2012-Sepideh

Bahar Habibi – Whisper Will Become Eternal - Um dos vencedores de 2013

2

Josh Quigley – A Shameless Longing - Um dos vencedores de 2013

 

A tendência parece sempre ser a escolha de projetos que tenham um forte caráter humano, com histórias de transformação e muitas vezes ligadas a um núcleo familiar ou cultural. Esta será a sexta edição do concurso e você pode acessar as guidelines aqui

 

 


MIS: Nova Fotografia

Categoria: Lançamento.

28/08/2014

O MIS acaba de abrir a convocatória para a quarta edição do programa Nova Fotografia. O edital seleciona seis fotógrafos em início de carreira que recebem exposições individuais em uma sala Nicho do museu.

O programa já selecionou dezoito fotógrafos em suas quatro edições anteriores. Pode se dizer que a marca do edital é a variedade de estilos fotográficos que ele seleciona.

Apresentamos alguns dos trabalhos já selecionados pela convocatória, comprovando essa variedade e deixando claro que não há uma tentativa de se construir uma corrente visual dentro do museu, mas sim estimular diversos ramos da criação fotográfica no Brasil.

Gorlovka, 1951#3, 2011

Flávia Junqueira, selecionada no programa de 2012.

requiemnova-5.jpg.pagespeed.ce.m8q5Q6YzT0

Gordana Manic, selecionada no programa de 2012.

Captura de Tela 2014-08-27 às 20.44.09

Jonas Tucci, selecionado no programa de 2013.

rafael m milani 04

Rafael M. Milani, selecionado no programa de 2013.

eudes-de-santana-000770480001_FINAL

Eudes de Santana, selecionado no programa de 2014.

Metropolis_06

Marcus Laranjeira, selecionado no programa de 2014. A exposição Metropolis é a próxima no ciclo de 2014 do programa. A abertura será no dia 03 de Setembro, com visitação do dia 04 até o dia 16 de Outubro.

 

Acesse a convocatória aqui.


Os vencedores da Bolsa Zum de Fotografia 2014

Categoria: Lançamento.

30/07/2014

Acabam de ser anunciados os vencedores da Bolsa Zum de Fotografia deste ano. Os contemplados foram o coletivo Garapa e a artista visual Helena Martins-Costa com os trabalhos Postais para Charles Lynch e Desvio, respectivamente. Pelo segundo ano consecutivo o IMS e a Zum oferecem o prêmio de 60.000 para artistas de carreiras já consolidadas, mas com ainda muito espaço para criar.

A segunda edição do prêmio mostra um desejo de explorar áreas diferentes da criação fotográfica, fugindo um pouco da produção tradicional. O resultado é um ótimo indício para este que vem se consolidando como um dos mais importantes prêmios da fotografia brasileira.

Como os trabalhos premiados precisam permanecer inéditos até sua publicação final pelo IMS, não temos como apresentá-los aqui, mas separamos algumas imagens da Garapa e de Helena Martins-Costa para vocês conhecerem um pouco da produção dos ganhadores.

 

pm-62101-large


The Hillman Photography Initiative

Categoria: Lançamento.

09/07/2014

Captura de Tela 2014-07-09 às 10.27.09

O CMOA, também conhecido como Carnegie Museum of Art, criou um projeto muito interessante para a discussão e disseminação do pensamento fotográfico. A Hillman Photo Initiative é uma plataforma online para a discussão de variados temas relacionados à fotografia.

Sempre de forma interativa e inovadora, o projeto traz uma série de questionamentos e chama os usuários da plataforma para a discussão. The Invisible Image revela imagens perdidas em arquivos e variadas formas de recuperá-las, This Picture traz uma nova imagem a cada mês e pede para os usuários compartilharem seus pensamentos sobre a mesma. Além desses dois caminhos ainda há uma área para divulgar imagens da história de Pittsburgh.

O CMOA e a Hillman abrem um precedente valioso, unindo espaços físicos e online e trazendo os visitantes/usuários para perto do acervo e do pensamento museológico. Uma bela iniciativa que você pode ver aqui: http://www.nowseethis.org/


A Bolsa IMS de fotografia apresenta: Zoo, de João Castilho

Categoria: Lançamento.

11/06/2014

onça-parda-_-joao-castilho-1024x682

 

Macaco-barrigudo_-joao-castilho-1024x682

No ano passado nasceu o que viria a ser um dos prêmios mais comentados da fotografia brasileira. A revista Zum, em parceria com a sua editora, o Instituto Moreira Salles, apresentou a primeira edição da sua Bolsa de Fotografia, que daria 60.000 reais para dois fotógrafos desenvolverem trabalhos inéditos ao longo do próximo ano e terem os ditos projetos inseridos na coleção do IMS.

Os premiados da 1ª edição foram Pedro David e Letícia Ramos. Ou melhor, João Castilho e Letícia Ramos. Pedro foi desclassificado por apresentar um trabalho que já havia sido premiado antes, apesar de permanecer inédito. Uma situação um tanto desconfortável para a organização da Bolsa.
Fato é que Pedro David e João Castilho são parceiros de trabalho – produziram junto com Pedro Motta o maravilhoso livro Paisagem Submersa – e que seus ensaios tem como tema central o lar, a casa. Pedro com uma abordagem mais singela, com 360m2, e Castilho com o mais surrealista Zoo. Isso tudo deixa claro o foco do júri que decidiu a premiação em 2013.

joao-castilho-_-zoo-003-1024x682

 

Arara_-joao-castilho-1024x682

Zoo foi apresentado ao público pela primeira vez na semana passada, no site da Zum. O trabalho é indiscutivelmente belíssimo e de um conceito muito interessante. Castilho trouxe – com auxílio de treinadores e profissionais – uma série de animais silvestres para dentro de sua casa. Assim o fotógrafo investiga as aproximações entre natureza e homem e cria uma sensação de impossibilidade dentro de suas imagens. Não se sabe se são animais empalhados, se é uma montagem. É uma realidade surreal.
Apesar do pesares, a primeira Bolsa de Fotografia da Zum apresentou trabalhos finais de imensa qualidade, especialmente o apresentado por Castilho. Com mais alguns dias para o final das inscrições para a edição de 2014 só nos resta esperar e ver como se desdobrará o processo neste ano. Além de torcer mais uma bela produção, como Zoo, em 2015.

furao-1024x682

 

joao-castilho-_-zoo-001-1024x682


Bem-vindo à sua nova casa

Categoria: Lançamento.

29/04/2014

CARTAZ_ASSINATURA_2

 

No dia 27 de Abril de 2011 lançávamos a primeira edição da OLD, depois de muitos meses de trabalho, redesenhos, adaptações e conselhos muitos e valorosos. Eram dois fotógrafos e um entrevistado. Agora, depois de três anos de muito trabalho um bocado de coisas mudou: são pelo menos quatro fotógrafos por edição, um entrevistado, uma exposição, dois livros e colunistas. Já tivemos vários e belos especiais com perfis de fotojornalistas brasileiros e sobre o coletivo SelvaSP. Tudo isso mudou, mas a essência e o objetivo são os mesmos: publicar jovens fotógrafos, entrevistar pessoas interessantes no mundo da fotografia, dar espaço à fotografia autoral de qualidade.

Nesses três anos não foi só a revista que mudou. Já passamos por algumas casas: por pouco mais de um ano moramos entre o Issuu e o Facebook. Até ontem moramos no nosso tumblr. Hoje pegamos a chave e abrimos a porta da nossa nova casa: nosso primeiro site! Sim, agora somos .com! Todas as nossas casas antigas continuam abertas, recebendo visitas para um cafézinho, mas as grandes festas serão por aqui agora. Temos nosso acervo organizado, nossa loja, um blog e todos os nossos mini docs.

Nossa edição de aniversário, que chega em alguns dias, será a primeira a estrear a casa. Enquanto isso, te convido a passear por tudo que nós já produzimos desde 2011. Podemos ter mudado de casa, mas nenhuma caixa ficou pra trás. Aproveite!